Marcas que nos contam histórias by Octávia Sá

Categories artigo, blog, News

Ainda no rescaldo das VII Jornadas Moda Tradição e Inovação que anteriormente vos apresentei, houve algumas apresentações que me despertaram particular interesse.

Uma delas foi a da Kavita Parmar, criadora do IOU Project, que defende a criação de uma comunidade on-line, onde artesãos de todo o mundo possam partilhar os seus trabalhos, e paralelamente, os produtores os possam contratar diretamente. Esta dinâmica leva a uma modificação da relação de consumo tradicional, uma vez que a autenticidade dos materiais e produtos manufaturados estão certificados desde o início do ciclo produtivo. Com origem na India, milhões de tecelões reunidos em cooperativa e utilizando algodão orgânico, criam uma rede produtiva e sustentável, criando tecidos que em qualquer parte do mundo, um artesão ou designer poderá usar.

Outro projeto foi Panos Tingidos de Ponte Nova, originário da Guiné Bissau. Grande parte da economia doméstica depende do trabalho feminino, e neste caso em particular, a comunidade Soniquês é conhecida pela arte de tingir. Com a criação de uma associação que tem como objetivo a promoção desta atividade, procura-se “empoderar” as mulheres numa atividade económica organizada, permitindo-lhes obter maiores rendimentos. Através de uma técnica milenar e geracionalmente transmitida, verdadeiras obras de arte saem das mãos destas mulheres.

Nestes dois casos, que aconselho vivamente que espreitem estes dois projectos IOU e PANOS TINGIDOS que apreciem, divulguem e porque não comprar? Pelo menos sabemos quem o fez, e que processos foram utilizados.

Os artesãos agradecem, as comunidades agradecem…o ambiente agradece.

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

Notify of
wpDiscuz