O Tesouro e o Museu.

Categories Art, blog, Lifestyle

Já tinha na agenda há algum tempo visitar o Museu Nacional de Arte Antiga, para ver a exposição do Tesouro da Rainha Santa Isabel. Não consigo explicar, mas de tempo a tempo faz-me falta parar e contemplar uma boa exposição de pintura, escultura ou fotografia. Este gosto é partilhado também pelo meu marido, que é a minha companhia predileta para estes programas. Já há um mês que andávamos a tentar conciliar as agendas para conseguirmos fugir os dois, sozinhos para esta micro escapadela. Finalmente, no sábado passado conseguimos. Não foi fácil… mas valeu muito a pena. À medida que o tempo passa e que envelhecemos juntos, mais me convenço que o amor se constrói todos os dias, pedra a pedra, apenas assente no heroísmo dos pequenos gestos, carinhos, atenções que fazemos ao outro, que tão bem conhecemos. Não são necessárias grandes viagens, nem presentes caros (que aprecio muito!), mas coisas muito simples que tornam o outro insubstituível. 

Por estes dias ando a ler a última exortação do Papa Francisco sobre a família, estou encantada, pela profundidade, sabedoria, simplicidade e  atualidade deste texto, deixa todas as pistas que necessitamos para um programa de vida centrado na família.

“(…) ‘A publicidade consumista mostra uma realidade ilusória que não tem nada a ver com a realidade que devem enfrentar os pais e mães de família’. É mais saudável aceitar com realismo os limites, os desafios e as imperfeições, e dar ouvidos ao apelo de crescer juntos, fazer amadurecer o amor e cultivar a solidez da união suceda o que acontecer.” In Amoris Laetitia 135, Papa Francisco.

Pois é … e aconteça o que acontecer quero continuar a passear de mão dada com o meu super-homem, neste dia por Lisboa, às Janelas Verdes e entrar no MNAA e parar e conversar sobre aquilo que nos surpreende no momento.

No sábado, para além do Tesouro da Rainha Santa Isabel, pudemos espreitar uma obra convidada, uma veduta de Bernardo Belloto  1742-44, sobrinho de Canaletto, Via di Ripetta em Roma. Uma obra surpreendente pelo trabalho de recolha  de esboços e apontamentos in situ, de desenhos que serviram depois de base a um trabalho de construção pictórica, já no seu atelier em Veneza, recorrendo, com era moda na altura, à camera obscura. Impressiona a delicadeza do tratamento da luz.

Deixo-vos um cheirinho para aguçar o apetite 😉

IMG_3987

IMG_3963

IMG_3970

IMG_3998

IMG_4020

 

IMG_4047

IMG_4031

Relicário Rainha Santa Isabel, prata e prata dourada e coral, com o Santo Lenho.

IMG_4125

Punho do bordão de peregrina a Santiago de Compostela.

IMG_4127

Jóia do Tesouro da Rainha Santa. Colar – ouro e pedras preciosas.

IMG_4129

Imagem Relicário da Virgem com o Menino.

IMG_4130

Óleo sobre tela de Francisco Zurbarán, século XVII.

IMG_4055

Belloto, Via di Ripetta em Roma, 1742 -1744

Ainda espreitámos a exposição de uma seleção de Obras em Reserva…

IMG_4089

Cristo Ressuscitado, marfim, Francesco Terilli, 1596.

IMG_4095

O Beijo de Judas, Domingos Sequeira, desenho a aguada de tinta da china e guache branco.

Eu vestia boyfriend jeans e sneakers Zara AW15, top plissado prata Zara SS16, snakeBag da Box-Lx, óculos Ray Ban Erika.

Deixe um comentário

6 Comentários em "O Tesouro e o Museu."

Notify of
Sort by:   newest | oldest | most voted

Muito bom!!!!! Beijinho querida!

Perfeito…uma lufada de ar e amor fresco, tão necessário a todos mas que alguns ainda não se aperceberam disso…

Sabe que o casamento não é um estado mas um processo que, dia a dia, se vai construindo, melhorando, corrigindo e enriquecendo…

Xi coração do tamanho do (nosso) mundo!

Belo programa! Principalmente feito desta maneira tão querida, de mão dada com o super-homem…
A exposição é permanente ou temporária?

wpDiscuz